Fazendo amor de uma maneira diferente!

COITO é bom, se bem realizado MELHOR TAMBÉM, porém para as pessoas que não possui um aficcionado ou um companheiro (não que isto seja palavra de sentido parecido de bom coito), o modo é se abalar à afeição colorida, ou às relações liquidas. O coito acidental é apontado, por alguns cientistas, parte do processamento de evolução da natureza. Para o homem “o coito acidental é a aliciação e a estratégia reprodutiva a limitado tempo, por outro lado a mulher procura abonar um parceiro e abalroar nos filhos. “ – artigo de Marco A.C. Varella e José H. P. Ferreira

Por isso perguntemos aos homens, adeptos ao coito acidental, se eles desejam sair reproduzindo por aí. Acredito que a resposta seja abstenção! (porém uma abstração cientifica é uma excelente absolvição para permanecer praticando, certamente?)
Embora de estar evidente, pela estudo, que os praticantes do coito acidental sejam na maior parte machos. Os cientistas dividem as indivíduos em 2 categorias: Irrestritos: indivíduos com atitudes, comportamentos, fantasias e considerações mais permissivas – separam mais coito de amor que os restritos. Restritos: necessitam de abarcamento afeiçoado prévio ao postura sexual. Porém no final, por causa bases genéticas, sociais e culturais, nos mulheres somos mais restritas que os homens. De acordo com o psicanalista Paulo Sternick, o coito acidental nas mulheres acaba por reforçar a vontade pelo vinculo estável. Quantas vezes você já se pegou buscando acarinhar o “colega alegre”? Ou inclusive se perguntando o visto que de não abraçar um relacionamento? Abraçando este agudeza, há pesquisas de alguns anos atras, que afirmam que quem procura coito acidental sofrem de um dificuldade de auto-estima ou bem estar afetivo. Porém a ascendência dos novos praticantes nada padece com isto: as pesquisas recentes comprovam que os praticantes de coito acidental hoje apresentam o inclusive estado emocional comparado com os jovens de relacionamento estável.

Acredito que o fundamental é que as duas indivíduos estejam na mesma acordo, e que as intenções sejam claras, para que ninguém fora amassado. Se ajudar similarmente é antecedência, possui HIV, HPV, e sabe-se lá mais o que!!! (ah… Possui o baby Tb, que pode desejar aparecer) Lamentavelmente também vivemos numa agremiação “careta” que, em maior parte, admira o “garanhão” e julga a “galinha”, se isto vai desviar??? Especialmente acho bastante complicado. AS “galinhas” estão soltas e os “garanhões” fazendo a afago. Este preconceito soh vai acabar de durar no momento em que as “galinhas” se tornarem “garanhonas” … Aí voltamos aos dados científicos. Sugiro uma alteração sobre a adesivo do coito acidental: Ir ainda que ou ingerir café da manhã? Divisão banho? E a conta do Motel? Abismo um táxi ou ele me leva?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *